Você está preparado para a data mais aguardada do e-commerce?

A Black Friday marca o início de uma temporada de vendas aquecidas no e-commerce. Consumidores entusiasmados com as promoções e datas comemorativas que estimulam o consumo são, por si só, bons motivos para vender mais. Mas se você quer explorar ao máximo o potencial de venda da sua loja online, precisa cuidar de algumas ações desde já. Afinal, você não quer ter problemas justo no melhor momento do ano, não é mesmo?


Pensando nisso, elaboramos uma checklist com alguns pontos de extrema importância para deixar seu e-commerce pronto para receber picos de acesso e, ainda assim, realizar ótimos atendimentos. Vamos lá?

Checklist

Black Friday 2019

Confira os passos necessários para estruturar sua loja virtual!

Produtos

A Black Friday é a ocasião perfeita para finalmente vender aqueles produtos que ficaram encalhados no estoque ou que saíram de linha. Mas para agradar em cheio o seu público, ofereça descontos também naqueles itens que são bastante procurados. Um equilíbrio entre o que é interessante para a loja e para o público é o ideal. Você pode montar combos de produtos ou apostar no desconto progressivo, que estimula o cliente a incluir mais itens no carrinho. Faça um levantamento para descobrir quais são esses produtos.

Estoque

Reforce o abastecimento de produtos que já são bem vendidos normalmente. A tendência é que, durante a Black Friday, as vendas desses itens sejam ainda maiores. A estimativa de saída de produtos com alta procura deve considerar a possibilidade de cada cliente comprar mais de uma unidade, para aproveitar o preço mais baixo. Lembre-se de não fazer a previsão apenas para a Black Week: após esse pico, seu estoque ainda precisa ficar pronto para novas vendas. Entre em contato com seus fornecedores o quanto antes, para evitar atrasos e indisponibilidade.

Atendimento

É na Black Friday que muitas pessoas experimentam o e-commerce pela primeira vez. Essa é uma das razões pelas quais é preciso investir em treinamento para a equipe de atendimento ao cliente. É normal surgirem dúvidas sobre os produtos e sobre o processo de compra. Se o atendimento não for rápido e eficiente, vendas podem ser perdidas. Mantenha o foco, também, nas redes sociais e em sites como o Reclame Aqui, onde seus clientes podem fazer perguntas e queixas. Invista em soluções tecnológicas, como Chatbots, que podem facilitar o atendimento.

Campanhas de Mídia

Estratégias de mídia bem planejadas fazem toda a diferença no volume de acessos que seu site receberá na Black Friday. Mais do que isso, campanhas de mídia vão garantir que esse tráfego seja qualificado. Ou seja: você vai atrair pessoas que procuram por aquilo que você oferece, seja pelo Google ou pelo Facebook. Percebeu a importância delas? Defina o seu orçamento para as campanhas, levando em consideração que a concorrência acirrada pode fazer com que o preço do CPC (Custo por Clique) das palavras-chave aumente. Uma dica é enxugar o orçamento no período anterior à Black Friday para investir mais próximo à data. Quanto ao público, além de apostar na sua segmentação padrão, é indicado experimentar outras configurações, a fim de captar novos clientes para sua loja. O remarketing também se mostra muito eficiente nessa data. Portanto, prepare as listas com máxima antecedência e deixe as campanhas pré configuradas, entrando em ação na hora certa.

Identidade visual uniforme

Esse é um período em que sua loja vai ser apresentada a muitos clientes em potencial. Por isso, apresentar uma identidade visual consistente em todas as peças utilizadas nas ações é fundamental. E-mail marketing, anúncios, banners, flags de produto… tudo isso precisa ter unidade. Esse cuidado deve começar bem antes de novembro, quando ações de atração e nutrição de leads, como landing pages por exemplo, começarem a ir ao ar. Aproveite para divulgar o máximo de informações possível, principalmente a porcentagem de descontos, que é o que mais interessa ao público.

Servidor

A sobrecarga do servidor é um dos principais problemas dos e-commerces na Black Friday. Site lento ou até mesmo fora do ar são consequências de um servidor que não está preparado para um volume elevado de acessos, colocando a perder todas as estratégias de marketing. Evite esse contratempo conferindo com antecedência a capacidade do seu plano de hospedagem e considere contratar uma versão mais robusta.

Plataforma

Uma plataforma estável também é fundamental para garantir uma navegação rápida e fluida ao visitante do seu e-commerce. Na Black Friday, existe um senso de urgência que precisa ser respeitado: se demorar demais, o cliente pode ver o produto que ele tanto queria se esgotar. Garantir que a compra possa ser feita rapidamente também é vantajoso para que você aproveite o fator impulso. Desconfia que sua plataforma não é capaz de suportar os acessos que você pretende receber? Faça uma migração o quanto antes!

Formas de pagamento

Ampliar as formas de pagamento também é uma maneira de atender bem. Sabemos que muitos visitantes adotam o comportamento de gerar um boleto para “segurar” um produto, o que pode prejudicar as vendas. Porém, essa opção costuma ser a escolha dos consumidores que ainda têm medo de fornecer os dados do cartão. Vale a pena insistir! Nem precisamos comentar que é preciso aceitar as principais bandeiras de cartão de crédito, né? Além disso, uma alternativa que pode fazer a diferença é a compra com 1 clique, que agiliza o processo. Verifique se sua plataforma de e-commerce disponibiliza esse recurso. A Black Friday 2019 está quase aí! Faça o download desse material e comece desde já a planejar as melhorias necessárias para seu e-commerce.

0

Ainda falta

Feito

0%

A Black Friday 2019 está quase aí!


Faça o download desse material e comece

desde já a planejar as melhorias necessárias

para seu e-commerce.

Feito com <3 para te ajudar a crescer.